quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Há 46 anos,Nascia o Cine Eldorado. É com muita Saudade que O Arauto Mamanguapense Resgata esta Saudosa História

 Cine Eldorado em 25 de Agosto de 1965, no centro da foto o saudoso Conêgo José Paulo de Almeida (Padre Zé Paulo)  há 46 anos.



Faixada do Cine Eldorado. Depois dos anos 90 desapareceu. Saudades.
O ano era 1965 o dia 25 de agosto, esse dia ficou marcado na memória de muitos Mamanguapenses que por muitos anos frequentaram a sala de exibição de filmes do primeiro cinema do vale do Mamanguape a utilizar projetores de películas de 35 mm ao contrário de outras salas que existiram na cidade,tais projetores possibilitam projeções em telas enormes que no caso do Cine ELDORADO media 12m x 6m essas foram as medidas da tela do cinema que emocionou, educou, fez rir e fez chorar muitas pessoas  desta cidade por três décadas e que até hoje nos trás recordações de um tempo em que as pessoas da sociedade tinham opções  de lazer onde a troca de calor humano era possível , o aperto de mão, o abraço em um amigo, a companhia da família, tudo isso fazia do cinema uma continuação do lar e do convívio daqueles que todas as noites e até nas matinês se encontravam em busca de diversão. São muitas as Histórias e relatos a cerca do Cine ELDORADO, não podemos esquecer das figuras que fizeram parte desses bons momentos de nossas vidas e que já nos deixaram  como,  o “doceiro” e seu cachorro quente vendido em frente ao  cinema , os porteiros ”mudos da telpa” e o  Sr. “João leite “.Pessoas se conheceram e namoraram  nas poltronas do nosso cine ELDORADO assistido aos filmes ou espetáculos diversos que por ali passaram e muito mais. Além  de tudo o cinema trouxe ao nosso município uma enorme janela para o mundo já que na época não havia  televisão e de certa forma fez-se uma libertação de pensamentos e comportamentos de um povo que até então só ouvia falar do mundo através do rádio, o cinema influenciou o modo de falar, de se comportar, de se vestir  de muitas pessoas. Bem, tenho muitos argumentos para defender o cinema, mas sou suspeito a falar deles, digo deles, pois quase na mesma data da inauguração do Cine ELDORADO, meu pai arrendava o Cine ORION em Rio tinto, antes administrado pela fábrica de tecidos Rio tinto.

COMO TUDO COMEÇOU


Walfrêdo Queiroz David


Pelo o que eu sei, meu pai, Walfrêdo Queiroz David, filho natural de Tacima-RN, veio com sua família morar na cidade de Rio tinto,  mais precisamente na rua conhecida por Rua do Aristides, na ocasião ele trabalhou na fábrica de tecidos Rio Tinto como contínuo, bancou jogos de azar em festas e foi quando ele decidiu comprar um projetor de película de 16 mm ( projetor de cinema portátil ) com o qual exibia filmes em sítios e em sedes de clubes, semanalmente ele viajava até a cidade de Recife-PE, onde funcionava  as distribuições de filmes e dalítrazia os filmes para serem exibidos em nossa região, com o passar do tempo o Sr. Walfrêdo  começou a exibir filmes com a ajuda do seu irmão Abel David que teve muita importância nessa história, meu pai, o Sr. Walfrêdo, vinha de Rio tinto exibir filmes em Mamanguape no auditório do INSTITUTO MODERNO  enquanto seu irmão Abel David ficava exibindo no REGINA CLUBE em Rio tinto e vice- versa,  muitas das vezes os irmãos David faziam esse percurso a pé, até que um certo dia, o Sr. Walfrêdo Queiroz David decidiu depositar todas as suas economias no que foi até hoje, o maior empreendimento particular na área de lazer e cultura do vale do Mamanguape, a construção do Cine ELDORADO, e com a ajuda do seu irmão Abel David, eles ergueram o prédio e em forma de reconhecimento à dedicação e a ajuda fundamental do seu irmão Abel David, foi criada a IRMÃOS DAVID LTD. Na qual meu tio foi convidado a ser sócio do meu pai e assim trabalharam juntos até o falecimento do meu tio, em particular, aprendi muito com meu tio Abel que se dedicava muito a manutenção dos equipamentos dos cinemas e sempre o acompanhava nos concertos dos mesmos enquanto meu pai cuidava mais da parte burocrática até sua saúde impedi-lo das suas funções, foi quando passei a administrar o cinema com a ajuda do meu irmão Roberto Carlos David.Mas Conhecido como Professor Roberto.

No centro o Sr.Walfrêdo Queiroz David, um pioneiro Mamanguapense arrodeado por simpatizantes da 7ª arte.

                                                    
Sempre cheio, esse era o Cine Eldorado na Época de Ouro
COMO ACABOU

 Com a chegada da televisão não só o Cine ELDORADO, mas todos os cinemas do Brasil sentiram o impacto, as pessoas fascinadas com a nova tecnologia, foram perdendo a atração pelo cinema já que a televisão trazia a oportunidade das pessoas passarem horas se divertindo sem pagar nada, mesmo assim o  cinema  superou o obstáculo e muitos que não gostavam das novelas da TV voltaram ao cinema e grandes bilheterias surgiram nos anos 80, mas o cinema não poderia viver só de” Rambos” e” Trapalhões” as coisas já não eram mais as mesmas,a fase mais triste e negra do Cine ELDORADO foi ter que baixar o nível dos títulos apresentados ao público tendo que exibir praticamente quase todas as semana filmes pornôs pra não fechar as portas de vez,  foi quando uma outra novidade surgiu, o vídeo cassete, esse foi decisivo para o fechamento de muitos cinemas, o nosso querido Cine ELDORADO foi sendo esquecido por muitos dos seus frequentadores, me partia o coração ver abrir as portas do cinema e depois ter que fechá-las por falta de público, as opções de títulos que o vídeo cassete oferecia foi o golpe fatal, tentamos colocar filmes exibidos com projetor de DVD para diminuir os gastos,procuramos autoridades da época e nada resolveu o problema, ir até ao Recife alugar um filme já era inviável, o prédio já estava se deteriorando e ainda mais, meu tio Abel David havia morrido a pouco tempo, meu pai tinha falecido em julho de 1998, os irmão David que dedicaram a vida inteira a levar alegria às pessoas através da sétima arte, já não existiam mais,  já não havia mais o que fazer a não ser vender o histórico cinema em 1990, é difícil para mim relatar tudo isso, a História do Cine ELDORADO e do Cine ORION é a minha História
                                                           
                                                                     O FUTURO

Sei que muitos pensam o contrário, mas com  os últimos apoios do governo federal inúmeras salas de cinema surgiram no pais através de programas de apoio ao áudio visual vários editais foram publicados nos últimos anos provando que o prazer de ir ao cinema ainda existe e esses programas federais estão levando o cinema até aos excluídos deste lazer, inclusive nossa cidade está entre as cidades que iram receber mais uma sala de cinema, sei que se trata de salas com caráter educativo cultural onde estudantes  e jovens da comunidade terão a oportunidade de se educar através da linguagem cinematográfica e não serão utilizadas só com o intuito de entreter.Com a ajuda do prof. Aldo Mendonça ( fapema) elaboramos o tal projeto já habilitado oficialmente e  que trará o programa federal “CINE MAIS CULTURA”  até Mamanguape, dessa forma farei minha homenagem aos irmão David, agora é só esperar pra assistir.

Agradeço a todos, e muito obrigado.
Walfrêdo Júnior Silva David

Clenilson Pinto,Diretor do Blog Acrescenta " É com Muita Tristeza,que lemos está triste História do auge  e depois da decadência do Cine ELDORADO.Trazida a Redação do ARAUTO MAMANGUAPENSE,pelo grande lutador,de um sonho que está prestes á se tornar Realidade,através da garra do grande Walfrêdo Júnior Silva David, a quem Nós que Fazemos O Arauto Mamanguapense,O Parabenizamos.Tenho Grandes e Boas Recordações do Antigo Cine ELDORALDO. Quando Lá Frequentei por várias e Muitas Vezes com o saudoso meu Pai, o Sr. Benedito de Almeida Pinto,juntos não perdíamos uma só sessão de Filmes Exibidas,nas noites do Cine ELDORALDO.É com muita emoção que digo 'o Cine ELDORADO fez parte de minha infância'.Abraço a Todos Clenilson Pinto ! " 


Da Redação O Arauto Mamanguapense
clenilsonpinto@yahoo.com.br
Postar um comentário