quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Deu na REVISTA ÉPOCA "PMDB tenta evitar posse de Cunha Lima"


O PMDB está montando uma trincheira no Senado para evitar a posse do paraibano Cássio Cunha Lima, do PSDB. Então governador da Paraíba, ele foi cassado no início de 2009 sob a acusação de ter usado a máquina pública na eleição estadual realizada três anos antes. Ficha suja, ele não pode assumir por causa da Lei da Ficha Limpa.


Há duas semanas, porém, o Supremo Tribunal Federal lhe devolveu o mandato, por julgar que essa legislação não vigorou no pleito de 2010. Cunha Lima deveria tomar posse no lugar do peemedebista Wilson Santiago.

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), o líder do partido na Casa, Renan Calheiros (AL), o presidente da legenda, Valdir Raupp (RO), e o líder do governo Romero Jucá (PMDB-RO), dediciram, porém, apelar para medidas protelatórias para manter Cunha Lima fora da casa.

Não é uma reação ao tucano paraibano, mas uma defesa da hegemonia desse grupo no Senado. Se perder Santiago, o grupo de Sarney e Renan perderá também a maioria que tem na bancada do PMDB, pode deflagrar um processo de sucessão interna que comprometará a sucessão de Sarney por Renan em 2013.
 
Da Redação O Arauto Mamanguapense
clenilsonpinto@yahoo.com.br

Postar um comentário