quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Suspeito de esfaquear esposa se entrega em delegacia de João Pessoa Crime ocorreu na manhã da segunda-feira (12) A vítima afirmou que pulou do carro para evitar que marido a matasse.

Suspeito de esfaquear esposa se entrega à Polícia na Paraíba (Foto: Walter Paparazzo/G1) 
Suspeito de esfaquear esposa se entrega à Polícia na Paraíba.

O homem suspeito de ter esfaqueado a mulher na segunda-feira (12) em João Pessoa, se entregou na tarde desta quarta-feira (14) na Delegacia de Homicídios da capital. De acordo com a polícia, o suspeito chegou no local por volta das 16h45 (horário local) acompanhado de seu advogado. Ele foi ouvido pela delegada plantonista, Júlia Waleska, que pediu sua prisão temporária.

Segundo a delegada, o suspeito nega a versão da vítima, mas disse estar sob efeito de remédios de uso controlado e que por conta deles não se lembra de nada do que aconteceu naquela noite e manhã.

E                                                                                                  

Em depoimento dado no hospital ao delegado Marcos Paulo, a vítima informou que, na última segunda-feira (12), foi esfaqueada pelo marido dentro de casa e que, em seguida, foi ameaçada de morte e colocada dentro do carro. Segundo o delegado, ela teria aproveitado um momento em que ele reduziu a velocidade para fazer um retorno na Avenida Ruy Carneiro, uma das principais vias de João Pessoa, e saltou do veículo em movimento. Após agredir a esposa, o suspeito bateu com o carro na Avenida Nego, no bairro de Tambaú, e fugiu do local.

Segundo a delegada Viviane Magalhães, da 10ª Delegacia Distrital, a mãe da vítima informou que o casal havia se separado na sexta-feira (9), o  que pode ter motivado o crime. De acordo com o relato da mãe, o suspeito não teria se conformado com fim do relacionamento.

A vítima se encontra no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena com estado de saúde regular.

  Da Redação O Arauto Mamanguapense
  clenilsonpinto@yahoo.com.br
Postar um comentário