quinta-feira, 25 de outubro de 2012

MAMANGUAPE 157 ANOS DE HISTÓRIA "PARABÉNS MINHA QUERIDA MAMANGUAPE"

Etimologia

BANDEIRA DO MUNICIPIO DE MAMANGUAPE

 O topônimo Mamanguape é uma corruptela do tupi mamã-guaba-pe, que em português significa "onde se reúne para beber, bebedouro (de um rio ou lagoa)".

História

  Foto: INAUGURAÇÃO DA PRAÇA 25 DE OUTUBRO (PRAÇA SÃO SEBASTIÃO) EM HOMENAGEM AOS 100 ANOS DE MAMANGUAPE 

INAUGURAÇÃO DA PRAÇA 25 DE OUTUBRO, UMA HOMENAGEM PELA PASSAGEM DOS 100 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLITICA DA CIDADE 1955

A antiga área de ocupação da cidade compreendia territórios hoje pertencentes a dez municípios: Rio Tinto, Baía da Traição, Marcação, Itapororoca, Jacaraú, Pedro Régis, Curral de Cima, Capim, Cuité de Mamanguape e Mataraca, contando com praias como Barra de Mamanguape e Praia de Campina, hoje pertencentes a Rio Tinto. Chegou a ser a segunda vila cidade mais desenvolvida da Paraíba e por isto teve o privilégio de receber o imperador Dom Pedro II.

Foto: VISTA AÉREA DE MAMANGUAPE EM 1978 

  MAMANGUAPE 1972

Mamanguape foi um das principais núcleos econômicos e populacionais da Paraíba no século XIX, superando na época as populações dos grandes centros urbanos da província. Sua economia dependia quase exclusivamente da indústria da sacarose exportadora. Com a decadência deste setor, causada tanto por fatores internos (secas), quanto por externos (concorrência com o açúcar caribenho), levou a estagnação econômica deste polo ao longo do século XX.

Economia

Lhe atribuem o título de "Rainha do Vale", porque esta encontra-se no vale fértil do Rio Mamanguape tornando-a uma grande produtora de commodities agrícolas. Graças ao acidente geográfico natural, o Rio Mamanguape, é um importante centro pesqueiro no interior do estado, exportando toda a sua produção excedente aos municípios vizinhos. O setor de comércio e serviços é diversificado, sendo o responsável pelo abastecimento de toda a região. A conexão de Mamanguape com a BR-101 permitiu que o município se tornasse um grande centro logístico no interior do estado.

Polêmica territorial

Há uma grande quantidade de pessoas que não entendem o porque de o município que antes abrangia todo o litoral norte estadual,após a emancipação dos mesmos,não ter ficado com sequer nenhuma área territorial totalmente litorânea ( com praias perto ).A praia mais perto são Baía da traição e Barra de Mamanguape.Baía da traição pertence a município de mesmo nome,já barra de Mamanguape à Rio tinto.No caso por imagens do google earth,percebe-se que pelo menos a praia de campina,pertencente à Rio Tinto,deveria pertencer obviamente à Mamanguape.

Turismo

O município tem grande acervo histórico e arquitetônico, herdado dos período áureo da produção açucareira. Com destaque aos edifícios: Casa do Imperador, Presídio da província da Parahyba, Igreja de São Pedro, Igreja de São Paulo, Igreja do Rosário, e a Igreja de São Sebastião. Há também a antiga ponte férrea do Rio Mamanguape, e pode-se fazer um percurso rural até o sítio Pindobal, passando pela Usina Monte Alegre.

Feriados
  • 29 de Junho Padroeiros São Pedro e São Paulo
  • 25 de outubro Emancipação Política(Também aniversário da rádio comunitária Litoral Norte FM)
Centro Cutural Fenix
 
 
 O antigo Mercado de Mamanguape que foi edificado pelo capitão Paulino Fernandes da Costa, em 1874, há 134 anos. Em 1901, sendo presidente do conselho municipal o Capitão Francisco Ivo, foi construído mais um compartimento, seis anos depois, pelo então Prefeito Coronel José Campelo, foram realizados diversos melhoramentos e novas talhas para o corte de peixe e carne. Um ano depois, no seu segundo mandato de Prefeito, o Major José Pedro Batista Carneiro concluiu a calçada do Mercado e colocou lampiões de azeite para iluminação externa. Em 6 de agosto de 1943 tem conhecimento da última restauração realizada no antigo Mercado, há 65 anos pelo Prefeito José Fernandes de Lima. Em 2005 os comerciantes do mercado se mudaram para outro local conhecido como mercado novo, deixando o antigo prédio abandonado. Em 2006,na administração do então prefeito Fábio Fernandes Fonsêca,teve início a obra para transformamr o antigo mercado em um Centro Cultural. Em 4 de julho de 2008,a restauração do prédio foi concluída, passando o antigo mercado a se denominar Centro Cultural Fênix. O Centro Cultural Fênix conta com um auditório multi-uso (cinema, teatro e centro de convenções), brinquedoteca, sala de reboco (espaço para exposições e performances diversas), centro de inclusão digital, sala de música, espaço para oficinas temáticas (artesanatos, danças e artes plásticas) e praça de alimentação. O município é servido pela empresa de transporte Viação Rio Tinto Ltda, que faz a conexão intermunicipal.
 
 
Mácario ( in memória) canta Mamanguape
 Bica de Sertãozinho

Temporariamente desativada
"Temos esperanças de rever novamente a saudosa Bica de Sertãozinho, como foi no passado."

ENTRADA PRINCIPAL DA BICA DO SERTÃOZINHO 1990

A POPULAÇÃO ADORAVA AS DOMINGUEIRAS NAS ÀGUAS DE SERTÃOZINHO 1990

Religião

  Foto: HINO DO MUNICÍPIO DE MAMANGUAPE


Saudade de Mamanguape
Letra por Dr. Antonio Serrano de Andrade
Melodia por Francisco Xavier de Andrade



Mamanguape,é minha terra
Onde a luz primeiro vi
Onde lições de virtude
De meus pais eu recebi

Saudades eu tenho da terra natal
De meu mamanguape meu doce fanal (Bis)

Lá cresci... e aprendi...
Saber rir, saber chorar
Amo muito a minha terra
Tenho gosto em confessar (Bis)

Ausente da minha terra
Passageiro é a alegria
Um ano parece um século
Parece ano um dia (Bis)

Mamanguape tens beleza
Tantas que não sei contar
Diz-me oculto o coração
Que só lá devo morar (Bis)

A maioria da população é católica. Há uma igreja matriz e oito igrejas menores na cidade. O restante da população pertence às religiões protestantes. A cidade conta também com a presença da Igreja Adventista do Sétimo Dia, da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Ultimos Dias, das Testemunhas de Jeová, e de Centros Espíritas.

Educação

UFPB LITORAL NORTE MAMANGUAPE PB

Além da rede pública municipal, o município também é servido pela rede pública estadual. Recentemente o município ganhou o status de cidade-universitária ao sediar um dos campus da Universidade Federal da Paraíba. Neste campus em Mamanguape são ofertados vários cursos, entre eles: Hotelaria, Ciências Contábeis, Matemática, Ecologia, Ciências da Computação, Design e Pedagogia. Mamanguape dispõe também de escolas técnicas profissionalizantes. Destaca-se a Escola de Enfermagem Rosa Mística, com cursos técnicos em Enfermagem, Segurança do Trabalho, Auxiliar em Consultório Dentário e Higiene Dental.


Bairros
Bairros da zona central
  • Centro
  • Campo
  • Gurguri
  • Condado
  • Vale Verde
  • Sertãozinho
  • Alto do cemitério
Bairros da zona populacional
  • Areial
  • Planalto
  • Cidade Nova
  • RUA DO MEIO I,II,III,IV,V,VI,VII,VIII-REFERENTES À PARTE DO BAIRRO DO SERTÃOZINHO
Bairros da zona rural na zona litorânea
  • Pindobal
  • Jangada
Bairros da zona rural próximos ao brejo Paraibano
  • Curralinho
  • Zalagoas
Distritos
  • Pitanga da Estrada
  • Camaratuba

Conjuntos habitacionais
  • Manoel Fernandes (requerimento feito pelo deputado estadual Ariano Fernandes)
  • Cícero Lucena (conquista do prefeito Fábio Fernandes)
  • Cidade Nova
  • Jesus Nazareno
  • Conjunto Nossa Sennhora da Penha (em construção)   

 "PARABÉNS MAMANGUAPE 157 ANOS DE HISTÓRIA" 

UMA HOMENAGEM REDAÇÃO DO BLOG O ARAUTO MAMANGUAPENSE

Da Redação O Arauto Mamanguapense
Fotos Portal Mamanguape Conta Suas Histórias
Junior da Locadora
Clenilsonpinto@yahoo.com.br
Postar um comentário