quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Morre, aos 105 anos, mãe de Caetano Veloso e Maria Bethânia

Dona Canô recebe alta 

Aos 105 anos, Claudionor Vianna Telles Velloso, a Dona Canô, morreu na manhã desta terça-feira (25), em sua casa, localizada na cidade de Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo Baiano. A mãe dos cantores Caetano Veloso e Maria Bethânia veio a óbito depois de sofrer uma isquemia transitória --os sintomas são semelhantes aos de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) - devido à falta de sangue em uma região do cérebro. Dona Canô esteve internada por seis dias, recebendo alta do Hospital São Rafael, em Salvador, na sexta-feira (21). Ela tinha sofrido um ataque isquêmico cerebral, que gera redução do fluxo de sangue nas artérias do cérebro, segundo informou o boletim médico. Há duas semanas, Dona Canô esteve em um show de Bethânia no Teatro Castro Alves, na capital baiana.

Em 16 de setembro, quando completou 105 anos com grande festa em Santo Amaro da Purificação (a 67 km de Salvador), onde mora, disse não ter medo da morte. "Não tenho, não, meu filho. Acredito em Deus e sempre vivi com a minha família, com pessoas do meu lado, com a casa cheia. Acho que esse é o segredo [da longevidade]". A matriarca teve oito filhos, entre eles os cantores Caetano Veloso e Maria Bethânia. Em outubro de 2011, Dona Canô perdeu a filha adotiva Eunice Veloso, aos 83 anos, que morreu com insuficiência respiratória. O filho famoso, o compositor Caetano, completou 70 anos em agosto deste ano. Em dezembro, a matriarca da família assistiu ao show da nova turnê da filha Maria Bethânia, no Teatro Castro Alves.
Postar um comentário