quarta-feira, 14 de setembro de 2011

MUNDO: Colisão entre trens na Índia deixa 9 mortos Autoridades investigam se um condutor estava alcoolizado. Colisão ainda deixou quase 100 feridos.

Equipes de resgate e voluntários ajudam na remoção de corpos e feridos após dois trens se chocarem na Índia. (Foto: Aijaz Rahi / AP Photo)                                                         
Equipes de resgate e voluntários ajudam na remoção de corpos e feridos

Pelo menos nove pessoas morreram e quase 100 ficaram feridas em uma colisão entre dois trens no estado de Tamil Nadu, no sul da Índia, informaram as autoridades nesta quarta-feira (14).
O acidente aconteceu na noite de terça-feira (13) nas proximidades da cidade de Madras (atual Chennai), quando um trem que estava em movimento colidiu contra outro que se encontrava parado em um cruzamento de vias da estação de Chitheri.
Cinco vagões de passageiros descarrilaram, mas o último deles foi o mais atingido, informou o canal de notícias indiano "NDTV".
Os corpos de sete dos nove mortos já foram recuperados pelas equipes de socorro, que tiveram muita dificuldade para resgatar os passageiros que ficaram presos nos vagões tombados devido à ausência de luz e à forte chuva que atingia a região.
Segundo o inspetor de ferrovias Shailendra Babu, pelo menos 83 pessoas deram entrada no hospital de Arakkonam, e entre os feridos está o condutor do trem de mercadorias.

Condutor saltou do trem
O condutor, que saltou do trem antes da colisão, não respeitou os sinais e os limites de velocidade, disse outro oficial de Ferrovias, Deepak Krishnan, e as autoridades obtiveram uma amostra de seu sangue para saber se estava alcoolizado.
Este é o terceiro grande acidente ferroviário na Índia em apenas dois meses: em 10 de julho, 70 pessoas morreram ao descarrilar um expresso perto de Kanpur; três semanas depois, outra colisão deixou três mortos em Malda.
O ministro de Ferrovias indiano, Dinesh Trivedi, anunciou compensações de 500 mil rúpias (US$ 10.460) para cada família das vítimas, de 100 mil para os feridos com gravidade e de 25 mil para os que tiveram contusões leves.

Da Redação O Arauto Mamanguapense
Postar um comentário