quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Deputado Frei Anastácio denuncia exploração do trabalho infantil em Mamanguape e mais duas cidades

Uma denúncia feita pelo Fórum Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente expôs a situação de exploração e maus-tratos nos municípios de Mamanguape, Sapé e Cruz do Espírito Santo. As crianças são obrigadas a trabalhar e estudar em turnos que prejudicam o aprendizado e a integridade física.


A violação dos direitos das crianças e dos adolescentes foi denunciado pelo deputado estadual Frei Anastácio no último dia 27 na Assembleia Legislativa. O deputado explica que no distrito de Pindobal, em Mamanguape, adolescentes estão sendo torturados com pedaços de madeira e quando apresentam algum ato de indisciplina são colocados isolados em uma cela, denominada ‘cantinho da reflexão’.

De acordo com o deputado, os adolescentes estão internos na organização não governamental ‘Centro Educacional Produtivo’. “É uma denúncia grave que atenta contra a dignidade de crianças que já estão em situação de vulnerabilidade social e que ao invés de receberem proteção são maltratadas por este estabelecimento”, disse o deputado. Segundo o diretor do Centro Educacional Produtivo de Pindobal, João Batista, os adolescentes não são tratados com violência quando mostram mau comportamento.

Já em Sapé, a denúncia é que há 10 meses crianças de 11 anos abandonaram a escola para trabalhar em restaurantes. O fórum ainda denunciou que na cidade de Cruz do Espírito Santo, crianças de 8 anos estudam à noite, já que uma escola de ensino fundamental convocou todos os pais para assinar um termo de responsabilidade para que os seus filhos estudassem à noite.
Da Redação O Arauto Mamanguapense
clenilsonpinto@yahoo.com.br

Vale do Mamanguape: Manifestantes liberam rodovia PB-071 após negociação com DER

O diretor de manutenção do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Antônio Fleming, recebeu na tarde desta terça-feira (11) uma comissão composta pelos manifestantes que fecharam, desde o inicio da manhã, a rodovia PB-071, que liga o município de Jacaraú, no Litoral Norte, à BR-101.

A comissão composta por dois membros, Lenilton Jerônimo e Edson da Silva, pediu providencias imediatas para melhorar a rodovia e a recuperação do aterro da Ponte do Jardim. O diretor de manutenção esclareceu que estes serviços já estavam programados para serem iniciados logo e que a recuperação do aterro da Ponte e parcial da estrada começa brevemente.

Segundo Fleming, nesse primeiro momento, os operários do DER vão até o local atender os pontos mais críticos da rodovia, tendo em vista que uma licitação para atender toda aquela região já está em andamento. "Vamos fazer uma operação em caráter emergencial atendendo nesse primeiro momento alguns locais de risco, para dar segurança da rodovia”, disse Fleming.

Depois da reunião realizada no DER, os dois membros da comissão decidiram terminar com o bloqueio da rodovia, permitindo que os motoristas alternativos, taxistas e populares que necessitam transitar diariamente pela estrada passassem pela mobilização.
 
Da Redação O Arauto Mamanguapense
clenilsonpinto@yahoo.com.br
Postar um comentário