terça-feira, 8 de novembro de 2011

Retrato da segurança pública no Governo Ricardo Cutinho: 2ª Cia da PM em Mamanguape funciona com baixo efetivo e viaturas quebradas.

VTR 0816 quebrada
A falta de veículos e o baixo efetivo da Polícia Militar vão além de uma questão meramente administrativa.Esse é o verdadeiro tratamento dado a segurança no Governo Ricardo Coutinho, trata-se efetivamente de um grave problema na segurança pública, uma vez que a população tem reclamado do aumento da criminalidade e das limitações da instituição no atendimento de ocorrências, em razão da suposta falta de investimentos.

Muitos são os cidadãos que deixaram de ser atendidos ou que receberam atendimento de forma precária por causa da falta de estrutura ou do baixo contingente. Certo mesmo é que muitas viaturas encontram-se sucateadas e os policiais desmotivados e sobrecarregados.
VTR 1209 quebrada
Mas o problema é bem maior. Durante o último final de semana, a 2ª Companhia da Polícia Militar de Mamanguape, que atende a todo o Vale do Mamanguape, só tinha disponível para fazer o trabalho ostensivo e preventivo uma viatura. Salvem-se apenas as motos da ROTAN.

De acordo com policiais militares que preferem não se identificarem, mais da metade da frota de viaturas da 2ª Cia estão quebradas e os carros que funcionam estariam colocando em risco a segurança dos policiais e de terceiros, já que segundo a denúncia, falta manutenção periódica.
VTR 1250 quebrada
É fato. Sou testemunha, a tropa que compõem a 2ª Cia e seus destacamentos tem a boa vontade de sempre buscar fazer o seu melhor, trabalhando com o que é oferecido. Grandes prisões, operações com sucesso e a dedicação no trabalho ostensivo e preventivo, feitos por policiais que amam o que fazem já foram destaques neste ano de 2011 no Vala do Mamanguape. Aqui, tiro o meu chapéu para esses policiais, que Deus os abençoe, mas o seguinte: eles só não são mágicos.

Da Redação O Aauto Mamanguapense
clenilsonpinto@yahoo.com.br
Postar um comentário