quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Jovem encontrada morta e com indícios de estupro era usuária de drogas, revela pai desesperado

Em entrevista ao programa Correio da Manhã da rádio 98 Fm nesta quinta-feira (19), o pai da jovem encontrada morta e com indícios de violência sexual revelou que a filha era usuária de drogas e andava em más companhias.
O homicídio foi registrado no final da tarde de ontem (18), em um matagal nas proximidades do Rio Janjão, no bairro das Indústrias, em João Pessoa.
A cinco metros do corpo, um preservativo foi encontrado, levantando a suspeita de que Angel tenha sido estuprada antes de assassinada com várias facadas.
Jovem encontrada morta
Jovem encontrada morta

‘Ela estava usando drogas. Dei muitos conselhos, toda a família tentou alerta-la, mas mesmo assim ela não atendeu nossos apelos’, afirmou o pai Gutemberg Cavalcanti.
Gutemberg fez questão de carregar o corpo da filha até o carro para encaminhá-lo ao DML - Departamento de Medicina Legal.
Angel Tomé Cavalcanti, 18 anos, estava morando com a mãe no bairro Jardim Veneza e foi vista pela última vez, pelo avô paterno, Tomé Cavalcanti, em companhia de um amigo identificado como Dênis, residente na comunidade Padre Ibiapina.
 
 
 
 
 
 
 
Da Redação O Arauto Mamanguapense
Com Portal Correio
clenilsonpinto@yaho.com.br 
Postar um comentário