terça-feira, 24 de abril de 2012

CASO JORNALISTA ASSASSINADO : BLOG SERVIRÁ COMO PARTE DE INQUÉRITO




Blog de jornalista morto no Maranhão será peça de inquérito247, com Agência Brasil - A polícia do Maranhão vai usar as informações publicadas no Blog do Décio para investigar a morte do jornalista Décio Sá, na noite desta segunda-feira 23, em um restaurante de São Luís. De acordo com informações do governo do estado, o crime tem características de execução e o blog, que contém reportagens investigativas, é considerado pela polícia uma pista importante no inquérito.
O jornalista Décio Sá foi assassinado em um restaurante da Avenida Litorânea, na capital maranhense. O crime ocorreu por volta das 23h30. Além do blog, Décio Sá era repórter da editoria de política de O Estado do Maranhão, pertencente à família do presidente do Senado, José Sarney.
Na manhã desta terça-feira, a delegada-geral da Polícia Civil maranhense, Maria Cristina Resende Menezes, se reuniu com os delegados que vão investigar o caso e com o secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, para tratar do assunto. O objetivo é acertar os detalhes de uma força-tarefa, envolvendo todas as instâncias de investigação do estado, para apurar o crime.
"Foi um crime muito ousado. Foi um crime encomendado. As pessoas que entraram aqui no bar vieram com a intenção de executar o jornalista Décio Sá. As pessoas que testemunharam o fato disseram que o autor dos disparos não escondeu nem a cara", disse o secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes.
O governo do Maranhão lamentou o assassinato e classificou o crime de "ação bárbara e cruel". Por meio de nota, o governo informa que está tomando todas as providências para chegar ao mandante do crime.
"O governo do estado lamenta o ocorrido e repudia a ação bárbara e cruel, tendo tomado todas as providências para a prisão dos assassinos. Peritos do Instituto-Médico Legal (IML) estão no local. Homens da Superintendência de Investigações Criminais e da Delegacia de Homicídios já iniciaram as averiguações para prender os criminosos."
A Secretaria de Estado de Segurança Pública informou também, na nota, que o jornalista foi morto com tiros à queima-roupa e que ele estava sozinho na hora do crime. "Dois homens teriam chegado em uma moto, sendo que um deles entrou no estabelecimento e foi até o banheiro. Ao retornar, disparou os seis tiros no jornalista, pelas costas, sendo quatro na cabeça e dois na região do tórax. Décio Sá morreu na hora", informou a nota.
O blog mantido por Décio está no ar desde 2006 e é um dos mais acessados do estado. As publicações ganharam destaque por veicular reportagens de jornalismo investigativo, entre elas denúncias contra políticos e grupos de pistoleiros que agem na região. Em seu perfil no Twitter, Décio contava com quase 2 mil seguidores e sua morte rapidamente repercutiu em toda a rede.
Redação com Brasil 247
Postar um comentário