terça-feira, 10 de julho de 2012

Em Marcação. Índios fazem duas pessoas reféns dentro de escola no Litoral Norte da Paraíba

Índios da Aldeia Ibiquara estão fazendo duas pessoas como reféns dentro de uma escola na cidade de Marcação, no Litoral Norte da Paraíba.
 Um documento foi enviando a Brasília e assinado por várias lideranças narrando à dificuldade existente na comunidade indígena e exigindo a exoneração da chefe interina do Sesai (antiga Funai) na cidade identificada apenas como Roberta, que está sendo mantida refém juntamente com um advogado.

O Cacique Bel informou ao Portal Correio que a liberação das vítimas será feita após a resposta positiva da Capital Federal.

Segundo o Cacique Sandro, a comunidade está precisando de ajuda, como melhoria nos hospitais da região, além de alguns indígenas estão com o salário atrasado há sete meses e com a alimentação precária. 

O grupo também reivindica melhorias nas áreas de saúde, educação e transporte. Apesar do clima no local ser tenso, o Cacique explicou que o movimento é pacífico.

A Polícia Federal já está na área indígena para a negocial
Da Redação O Arauto Mamanguapense
Com Portal Correio
clenilsonpinto@yahoo.com.br
oarautomamanguapense@gmail.com
Postar um comentário