segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Chacina em CG: três pessoas são assassinadas em bar, uma criança está entre as vítimas aS vítimas estavam numa mesa quando três homens desceram de um carro e efetuaram os disparos

Imagem do bairro Pedregal 
 Imagem do bairro Pedregal ( Campina Grande)

Uma chacina foi registrada pela polícia de Campina Grande na noite deste sábado (3), no bairro do Pedregal. Dois homens e uma criança de apenas 11 anos de idade foram mortos a tiros em um bar.De acordo com testemunhas que estava no estabelecimento, as vítimas estavam numa mesa quando três homens desceram de um carro e efetuaram os disparos. Quatro pessoas foram baleadas, sendo que três morreram no local e uma foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma Antônio Targinio. Alan Michel de Oliveira de20 anos,  Jocélio Barbosa da silva de 22 anos e Adrian Emanuel Santos Brito de 11 anos não resistiram aos ferimentos e morreram na hora. Josenildo Barbosa de Sousa de 28 anos, foi socorrido e segue internado em estado grave. Na manhã deste domingo (4), o corpo do ex-presidiário Antônio Ricardo da Silva Ferreira, 19 anos, foi encontrado dentro de uma casa que também fica localizada no bairro do Pedregal. A residência funciona como local para consumo e venda de drogas. A polícia investiga se a morte de Antônio Ricardo está relacionada a chacina ocorrida na noite de ontem. A hipótese é de que os crimes estejam relacionados a briga entre gangues que disputam o domínio pelo tráfico de drogas na localidade.

Latrocínio em CG

Sales Sebastião dos Santos de 33 anos foi assassinado com golpes de faca na noite deste sábado (3), no bairro do Catolé em Campina Grande. A família informou a  polícia que a vítima havia saído de casa para se encontrar com uma jovem que havia conhecido pela internet. A hipótese é de que Sales tenha sido vítima de latrocínio tendo em vista que ele foi encontrado morto sema carteira e sem o aparelho celular.
Homicídio em Aroeiras

Juraci Cosme de Freitas, 39 anos, foi morto a pedradas na zona rural da cidade de  Aroeiras, no Agreste paraibano. O crime ocorreu na noite deste sábado (3). A polícia não tem pistas da autoria do crime.

Da Redação O Arauto Mamanguapense
Com Portal Correio
clenilsonpinto@yahoo.com.br
Postar um comentário