quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Documentação falsa: Trio é preso tentando fazer empréstimos na CEF de Mamanguape, prejuízos ultrapassam os 30 mil

Três homens foram presos pela Polícia Civil de Mamanguape na tarde desta terça-feira (20), por volta das 14h30, acusados de falsificar contracheques e assinaturas para contrair empréstimos pela Caixa Econômica Federal (CEF). Eles foram detidos dentro do interior da Agência de Mamanguape, são eles: Normando Ferreira de Morais, 34 anos, Marcelo Felintro da Silva, 32 anos e Adriano Ferreira das Neves de 20 anos, ambos naturais da cidade litorânea de Marcação, Litoral Norte.


Segundo o depoimento do gerente geral Marcelo Queiroz da Agência Caixa de Mamanguape, lavrado no Boletim de Ocorrência, os acusados chegaram à Agência solicitando empréstimo e portando documentos falsificados. Dentre os papéis, contracheques que os identificavam como sendo funcionários da Prefeitura de Marcação, além da falsa assinatura de secretário da Prefeitura de Baía da Traição. “Foi aí que decidi acionar a Polícia”, comentou. De acordo com Queiroz, “existe uma padronização dos contracheques entre as Prefeituras, onde partiu daí a suspeita da fraude. Os nossos funcionários já estão acostumados com o tipo da documentação original, assim fica fácil na identificação” disse. Ele ainda adiantou que os prejuízos ultrapassam os R$ 30 mil reias. Com o trio, os policiais civis apreenderam além da documentação fria, celulares e um notebook utilizado para a confecção desses documentos.

 


Procurados pela nossa reportagem, os acusados não quiseram dar declarações. Após os procedimentos de praxe na DPC de Mamanguape, eles foram encaminhados para a Central da Polícia Federal, na cidade de Cabedelo, onde irão prestar depoimento e responder pelo crime de falsidade ideológica.

Da redação O Arauto Mamanguapense
Com PB VALE
clenilsonpinto@yahoo.com.br
Postar um comentário