segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Mulher tenta entrar em presídio com 15 chips e pedaços de serra nas partes íntimas Agentes penitenciários informaram que a mulher estava no presídio, acompanhada de uma criança de 45 dias de nascida, para visitar o esposo – que cumpre pena por tráfico de drogas


Detector de metal barrou a mulher
 
Uma mulher de 25 anos foi barrada quando tentava entrar na Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega, o Presídio do Roger, com 15 chips de celular na vagina e quatro pedaços de serra no ânus. O flagrante ocorreu neste domingo (19), em João Pessoa. Os agentes penitenciários informaram que a mulher estava no presídio, acompanhada de uma criança de 45 dias de nascida, para visitar o esposo – que cumpre pena por tráfico de drogas. Durante a revista, a mulher sentou no detector de metais portátil em formato de banco e o alarme disparou. Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária da Paraíba (Seap), o equipamento detecta metais em cavidades corpóreas e possui ajuste digital de sensibilidade com diferentes níveis e avisos sonoro e luminoso, com barra de leds indicativa.

Após o sinal ter disparado, as agentes encontraram os chips de celular na vagina. A mulher foi submetida à outra inspeção no detector, quando o equipamento emitiu um sinal sonoro. Numa segunda revista, as agentes encontraram quatro pedaços de serra enrolados em um material semelhante à borracha e alojados no ânus da jovem. Ela foi levada para o Distrito Integrado de Segurança Pública da Paraíba (Disp), no bairro de Manaíra, para ser feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência ( TCO) e ser liberada.

Objetos encontrados nas partes íntimas da mulher
Foto: objetos encontrados nas partes íntimas da mulher
Créditos: Divulgação 

Da Redação O Arauto Mamanguapense
Com Portal Correio
clenilsonpinto@yahoo.com.br
clenilsonpinto@gmail.com
Postar um comentário