sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Absurdo!!!

 

A reitora Marlene Alves da Universidade Estadual da Paraíba, em entrevista a mídia paraibana denunciou o descumprimento da Lei da Autonomia da UEPB. De acordo com a reitora, o governador publicou no Diário Oficial uma mensagem determinando que o repasse mensal a UEPB passaria a ser de R$ 18 milhões fixos. Isso segundo a reitora fere a lei da autonomia, que garante um repasse de 5,77% da receita ordinária do estado, que pode variar. Pelo que rege a Lei, a instituição deveria receber R$ 27 milhões ao invés dos R$ 18 milhões fixados pelo governador.

Na prática, na avaliação da reitora, é o fim da autonomia da Universidade, que não terá mais recursos suficientes para executar os projetos do seu plano piloto de crescimento. “Uma conquista de 7 anos foi jogada no lixo” lamentou, enfatizando que governador feriu a lei quando reduziu o valor do duodécimo da instituição.

A reitora também questionou a nova forma que o governo usará para calcular o valor dos repasses para a universidade. Ao invés de um aumento mensal, o valor do duodécimo será calculado com base no orçamento anual do Estado.

De forma incisiva ela disse que a Lei da autonomia da UEPB, foi rasgada. “A UEPB não tem em seu DNA a natureza de ser serva. Nós iremos lutar pela maior conquista da universidade, que é a nossa autonomia”, disse Marlene Alves.

Será que isso ainda tem defesa????


Postar um comentário