segunda-feira, 21 de maio de 2012

PROFESSOR AUGUSTO CERZAR E OS BASTIDORES DA POLÍTICA


BIÔNICOS


O Senado continua com senadores biônicos. ‘Biônico” era o apelido, na ditadura, do senador nomeado, invenção do regime militar para não perder o controle da casa. Eram senadores sem voto. Pois quase trinta anos depois da redemocratização continua a existir os senadores biônicos, agora na pessoa do ‘suplente”, aquele de quem ninguém ouve falar na campanha eleitoral e, quando menos, lá está, ocupando uma cadeira para a qual se votou em outro. A Paraíba tem o seu senador biônico, é Carlos Dunga (PTB) que substituiu Cícero Lucena (PSDB).

ROMPIMENTO
                                                                           


Em Mataraca, as famílias Madruga e Lira já não se afinam politicamente, estão em campos políticos opostos, pois o prefeito João Madruga(PMDB) já rompeu com a vice-prefeita Kaline Lira (DEM). As famílias Madruga e  Lira se toleram apenas em determinadas circunstâncias políticas, pois quando uma das famílias chega ao poder, logo procura alijar a outra, não há espaço político para  as duas famílias continuarem juntas num mesmo grupo político. Nas eleições de 2004, Ivan Lira (DEM) foi eleito prefeito, o vice foi João Madruga (PMDB). A união entre as famílias Lira e Madruga foi á única opção, na época, para derrotar a prefeita Cláudia Alencar (PSDB). Com a morte súbita do prefeito Ivan Lira, o vice-prefeito João Madruga assumiu a Prefeitura e, em 2008, foi eleito prefeito e já anunciou o seu primo Egberto Madruga como pré-candidato a prefeito de Mataraca em 2012. O pré-candidato à vice é o ex-petista Paulo Loiola (PR). Kaline Lira desta vez sobrou.

A PRESSÃO É INTENSA

                             

A pressão sobre o ex-prefeito Fábio Fernandes (PSDB) é intensa para ele se definir pela candidatura do ex-deputado Ariano Fernandes (PSD). Fizeram uma reunião de portas fechadas com os cardeais do partido e esqueceram os vereadores, os quais já fecharam com o prefeito Eduardo Brito (PR). A situação está de vaca desconhecer bezerro nas hostes do PSDB. São ainda resquícios da eleição de 2008.

BOLSA FAMÍLIA


O Bolsa Família tem forte impacto na renda dos municípios. Em algumas localidades, chega a representar 40% do total da renda do Município. Dados revelam, quanto menor a receita das cidades, maior o impacto dos recursos do programa. A situação é mais visível nos municípios do Nordeste, onde há maior desigualdade na distribuição de renda. Os nove estados nordestinos concentram 47% da população pobre do Brasil e 54% das famílias nessa condição são beneficiados pelo programa Bolsa Família. Há cidades em que a verba do programa supera a arrecadação do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

ACREDITOU

O vice-prefeito de Rio Tinto, Reginaldo Figueiredo, preferiu ficar no grupo da prefeita Magna e apoiou o ex-governador José Maranhão em 2010. Ele foi um dos que acreditou na pesquisa que dava ampla vitória ao ex-governador Maranhão, sem chance de receber apoio da prefeita Magna a uma eventual candidatura a prefeito de Rio tinto, ele já deixou o grupo da atual prefeita e se lançou pré-candidato a prefeito em faixa própria. Não sei se ele tem fôlego para manter a candidatura até o fim. Reginaldo é um bom candidato a vereador.

PRETERIDO

O vereador Dr. Ninho, de Rio Tinto, apesar de pertencer ao grupo político da prefeita Magna e ser primo de Marcos, não está tendo vez na atual gestão da prefeita Magna. Há tempos que o vereador vem sendo preterido pela prefeita. Dr. Ninho não teve vez nem para ser candidato a presidente da Câmara. Ele esperava ser candidato a prefeito de Rio Tinto, mas a prefeita Magna já anunciou o nome de Dudu de Brizola como a sua pré-candidata à prefeita de Rio Tinto. O candidato à vice-prefeito de Dudu já está praticamente escolhido. É o vereador Marcão(PR).

UM FRACASSO
O projeto de industrialização do município de Mamanguape foi um dos maiores fracassos que já vimos na região, pois a Cooperativa Têxtil, a Fábrica de Calçados Magnéticos, a LUSA, a CIMA e a Penalty foram fechadas. Na época, prometeram muito, cheguei a pensar que iriam trazer o ABC paulista para Mamanguape. Mas trouxeram apenas fábricas de fundo de quintal. Assim, o distrito industrial de Mamanguape está virando uma sucata. A CINEP já deveria se manifestar sobre a industrialização do Vale do Mamanguape.

PT DE MAMANGUAPE

O PT já teve candidato a prefeito de Mamanguape. Irene Lira em 1992 foi candidata à prefeita. Em 2000, o PT apresentou o professor Maurino Medeiros, mas eles não conseguiram lograr êxito. E na próxima eleição, o PT terá candidato próprio, o candidato a prefeito será quem vencer às prévias. Todos os filiados terão direito a voto. Sérgio Cunha ou Agnaldo Lemos será o candidato a prefeito de Mamanguape.

EM BRASÍLIA



O prefeito Eduardo Brito (PR) se encontra em Brasília participando da Marcha dos Prefeitos, os prefeitos de todo o Brasil reivindicam do Governo Federal mais recursos para os Municípios, pois o Governo Federal arrecada praticamente 80% dos impostos pagos no Brasil e os Municípios se empobrecem cada vez mais, é comum vê prefeitos com pires na mão em Brasília, os recursos são repassados em conta gotas para os municípios.

PESQUISA

O governador Ricardo Coutinho (PSB) disse que a sua candidata à prefeita de Mamanguape é Maria Eunice, mas mesmo assim vai haver uma pesquisa para escolher o candidato do governador a prefeito de Mamanguape. Maria Eunice, Almir da Mola e Paulinho Aguiar estão no páreo. O resultado da pesquisa sairá até o final do mês. A Oposição está dividida.

Da Redação O Arauto Mamanguapense
Matéria Professor Augusto Cezar
oarautomamanguapense@gmail.com





























Postar um comentário