segunda-feira, 30 de julho de 2012

Em Rio Tinto: Polícia Militar ‘estoura’ rinha de galo e o muído veio parar na DP de Mamanguape

 
A Polícia Militar de Rio Tinto, em ação integrada com a Polícia da 2ª Companhia de Mamanguape, Polícia Civil e Polícia Ambiental ‘estourou’ na tarde deste sábado 28, uma rinha de galo, no centro de Rio Tinto.


Segundo policiais, a operação foi desencadeada após denúncia anônima. E no local que estava acontecendo à rinha de galo, (Rua Superior) foram pegos em flagrante cerca de 10 dez donos dos animais, conseguindo evadir-se do local outras cercas de 50 pessoas que participavam da prática.

Foram apreendidos pela polícia antibióticos usados nos animais, esporas, tesouras, rolos de esparadrapos, e biqueiras de aço. A Polícia isolou o local e autuaram os envolvidos por crime de maus tratos e aplicação de multa.

 'Material apreendido na rinha de galo' / Foto do facebook do Língua de Aço

A Polícia informou que além de pessoas de Rio Tinto, participavam da prática ilegal, acusados de outras cidades da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

A pena para esse tipo de crime é de dois anos e pode ser respondida em liberdade, uma vez que configura crime de menor potencial ofensivo.
 
Da Redação O Arauto Mamanguapense
Com Tribuna do Litoral PB
clenilsonpinto@yahoo.com.br
oarautomamanguapense@gmail.com
Postar um comentário