quarta-feira, 21 de março de 2012

Operação Hidra: detentos saiam de presídios da Paraíba para traficar e matar com ajuda de agentes

Uma mega operação denominada de ‘Hidra’ está ocorrendo nos presídios sertanejos da Paraíba para combater o tráfico de drogas e homicídios no Estado. As ordens para execução dos crimes saiam de dentro das penitenciárias. 

A ação policial ocorre desde a madrugada desta quarta-feira (21). Vinte já foram presos, sendo que cinco deles agentes penitenciários. 

De acordo com o coronel José de Almeida, comandante de Policiamento Regional II, há oito meses iniciaram as investigações. Foram feitas imagens onde agentes penitenciários faziam escoltas de detentos do presídio da cidade de Patos para cometer os crimes.

Ainda segundo o coronel, as ordens para execuções e alimentação do tráfico de drogas na Paraíba ocorriam nos presídios de Patos com ramificações nas cidades de São Bento, Sousa e São José do Egito, em Pernambuco.

Os presos serão encaminhados para a Delegacia de Patos.
A ‘Operação Hidra’ foi desencadeada pelas policias civis, militares, Rodoviária Federal e Polícia Militar de Pernambuco.

Significado de Hidra

A Hidra era uma serpente gigantesca e de muitas cabeças, que aterrorizava a região de Lerna, na Argólida. A picada da Hidra era extremamente venenosa, e contra o veneno não existia antídoto. Quando uma cabeça era cortada, outra nascia em seu lugar, e além disso uma delas era imortal.

DA REDAÇÃO O ARAUTO MAMANGUAPENSE
COM INFORMAÇÕES DO PORTAL CORREIO
CLENILSONPINTO@YAHOO.COM.BR
Postar um comentário