quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Home Menu 2 » Fugitivo da cadeia pública de Mamanguape é preso na cidade de Petropolis no Estado do Rio de Janeiro

         
 

Um fugitivo da Cadeia Pública do município de Mamanguape foi capturado na cidade de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense na manhã desta terça-feira (15). Ele é acusado de tentar matar o primo do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), um professor e ameaçar o promotor de Justiça Marinho Mendes.
Rinaldo Anselmo de Jesus, de 33 anos, conhecido como “Milgrau” fugiu para o Rio de Janeiro e passou a morar em Nova Iguaçu. De acordo com o sargento Roque do 34º BPM (Magé-RJ), informações da polícia da Paraíba levaram ao paradeiro do acusado. 
Ainda de acordo com a polícia, ele trabalhava no Rio de Janeiro como pedreiro. O preso foi levado para a Delegacia da Posse (58ª DP) e deverá ser transferido ainda essa semana para o Estado.
A tentativa de homicídio do primo do senador Cássio ocorreu em janeiro de 2011. Marcos Humberto da Cunha Lima, de 46 anos, é diretor da cadeia pública do município de Rio Tinto, na Paraíba. Marcos foi baleado enquanto conversava com o professor Severino Ferreira Ramos, de 46 anos. Severino também foi baleado e morreu. O verdadeiro alvo da quadrilha de Mil Grau era um terceiro homem que conseguiu escapar do atentado. 
A prisão só aconteceu através do trabalho em conjunto do Serviço de Inteligência da Polícia Militar do 5º BPM sob o comando do coronel Lívio Delgado, a Polícia Militar de Mamanguape e do Rio de Janeiro. Ele estava foragido desde fevereiro de 2012.


Da Redação O Arauto Mamanguapense

Com informações do portalcorreio
 
Postar um comentário